A Câmara Municipal dos Vereadores de Gramado promoveu na tarde desta terça-feira, dia 08, a Audiência Pública sobre o Projeto de Lei que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e execução da lei orçamentária para o exercício de 2020, encaminhado pela Prefeitura. O objetivo foi o de apresentar à comunidade gramadense e entidades, as metas orçamentárias que serão aplicadas no próximo ano, pela administração.

Os trabalhos da audiência foram presididos pela Comissão de Orçamento, Finanças e Contas Públicas, da Câmara, vereadores Everton Michaelsen, Luia Barbacovi e Rosi Ecker Schmitt e contou com a presença do secretário da Fazenda, Paulo Rogério Sá de Oliveira e do contador Paulo Felippe que fizeram a apresentação da Lei.

Foi apresentada, de forma resumida, a receita projetada do município para 2020 que está estimada em R$ 290.772.455,15. Desse valor R$ 252.965.329,69 seriam do Executivo e R$ 37.807.125,46 da Gramadotur. A receita corrente líquida projetada é de R$ 281.624.852,19.

Os Gastos com pessoal no Executivo seriam de R$ 132.373.190,14, da Gramadotur R$ 3.516.960,00 e do Legislativo R$ 3.122.307,67, desta forma se somados os valores pagos em pessoal Gramadotur e Executivo o percentual fica em 48,25% e no do Legislativo 1,11%.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) dará embasamento à elaboração do Orçamento Municipal para 2020, pois ela define as metas e prioridades da administração para o ano seguinte e orienta a elaboração da lei orçamentária anual (LOA), além de equilibrar receita e despesas.

O projeto na integra está disponível no link https://bit.ly/2ZBqpac