Para avaliar potencialidades de gramadenses e atrair competições nacionais, o secretário de Esporte e Lazer, Jacó Schaumloeffel, estreita relações com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

O ponto de partida foi um encontro da vice-presidente do CPB, Naíse Pedrosa, com prefeito Fedoca Bertolucci (PDT), e um convite para visitação ao centro de treinamentos do CPB em São Paulo.

Conforme Schaumloeffel existe interesse em trabalhar projetos paralímpicos e, com o apoio do CPB, identificar potencialidades de pessoas portadoras de deficiência em Gramado.

“Em julho de 2018, atletas do parajiu-jitsu disputaram uma competição na cidade. Vamos trabalhar no sentido da avaliação e capacitação também de pessoas de Gramado”, explicou.

Esgrima em cadeira de rodas, tênis em cadeira de rodas, atletismo, natação e vôlei sentado são algumas das modalidades disputadas por atletas com deficiência.

BRAILLE

Na oportunidade, a dirigente do CPB elogiou o prefeito pela regulamentação da lei do cardápio em braille em Gramado (Lei 2095, de 2003, regulamentada pelo prefeito no dia 19 de janeiro de 2018).

O dia mundial do sistema braille, criado pelo francês Louis Braille há 200 anos, é comemorado no dia 4 de janeiro.

A professora e assessora da diretoria do CPB, Fátima Fernandes, também participou do encontro na Prefeitura.

Crédito: Carlos Borges