A Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria de Trânsito, reforça a instituição de sentido único na Rua Miguel Tissot (Centro/Várzea Grande), por decisão do Tribunal de Justiça, justificado pela falta de segurança dos usuários da rodovia ERS-115 e pedestres. Nesta segunda-feira (3), no primeiro dia de sentido único, agentes de trânsito orientavam os motoristas quanto à mudança. Durante a semana, os servidores também atuarão no local.

A Prefeitura de Gramado vai procurar reunir-se com a EGR para, em conjunto, desenvolver um projeto que viabilize a utilização da Rua Miguel Tissot nos dois sentidos. O Secretário de Trânsito, Luiz, Quevedo, salienta que a prefeitura atua preservando a segurança do trânsito e a preservação da vida, bem como a legalidade e a transparência de suas ações.

Entenda o caso:

O sentido único na Rua Miguel Tissot foi instituído em cumprimento a uma decisão judicial, conforme processo 101/1.15.0001244-6. No dia 20 de maio de 2015, o MP ajuizou Ação Civil Pública em desfavor do município de Gramado, do DAER e da EGR, em função de problemas existentes na Rodovia ERS-115, no entroncamento com a Rua Miguel Tissot. O motivo que levou ao ajuizamento da ação foi a falta de segurança aos usuários da rodovia e pedestres, gerada pela execução do asfaltamento de forma ilegal, pelo menos na parte que refere-se ao entroncamento com a ERS-115.

As obras de modificação e ampliação da via realizadas no ano de 2013 não possuíam a autorização legal, violando a legislação estadual conforme o Manual para Autorização de Acesso às Estradas Estaduais. Segundo o MP, as modificações realizadas na via com as pavimentações asfálticas e as adaptações na sinalização viária horizontal na ERS-115 facilitaram a ampliação a utilização da via Miguel Tissot sem a adoção dos devidos cuidados, bem como teria ensejado aumento do número de acidentes, em razão da velocidade elevada, também aumentando o risco de acidentes fatais.