A secretária do Meio Ambiente, Rosaura Heurich, deixa o cargo nesta sexta-feira, 9. Em seu lugar assume interinamente a secretária adjunta Cristiane Bandeira da Silva. O anúncio oficial foi feito ontem, 7, durante reunião do secretariado.

Natural de Gramado, Rosaura é bióloga, mestre em Engenharia de Energia, Materiais e Ambientes e, em 2002, ingressou na Fundação Estadual de Proteção Ambiental Luis Roessler (Fepam) por concurso público – foi cedida para o Município em 2017.

“Deixo o cargo por pedido da secretária Ana Pellini (do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Estado), que ligou para o prefeito solicitando meu retorno. Muitos colegas, os mais antigos da Fepam, se aposentaram ocasionando uma baixa no quadro funcional. Saio com tristeza, mas sou chamada para voltar. Sigo por Gramado, mas em outra instância”, disse.

Segundo o prefeito Fedoca Bertolucci (PDT), a secretária Rosaura fez um trabalho que iniciou pela organização da Secretaria do Meio Ambiente, imprimindo tecnicidade e velocidade nos procedimentos.

“Espero que seja um até breve”, destacou o prefeito.

Na despedida, a secretária entregou ao prefeito a Licença de Operação do Parque dos Pinheiros, que chamou de “promessa pessoal”.

REALIZAÇÕES

Nos quase dois anos no cargo, Rosaura Heurich introduziu mudanças impactantes na área ambiental de Gramado como a atualização da legislação referente ao licenciamento ambiental, dando transparência aos procedimentos, melhorando o fluxo entre secretarias e dando agilidade na resposta ao contribuinte.

CRISTIANE BANDEIRA DA SILVA

É advogada, formada pela Universidade Luterana do Brasil (2003), especialista em Direito Ambiental pela Universidade de Caxias do Sul (2008) e especialista em Direito Público pela PUCRS (2016).

Foi Coordenadora da Assessoria Jurídica na Fepam (2013 – 2014) e, de 2010 a 2013, consultora do Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura, atuando junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário nas questões de regularidade ambiental e de fomento ao Programa Nacional de Crédito Fundiário.

Também esteve na Superintendência do IBAMA, entre 2004 e 2010, ligada à Procuradoria Federal Especializada, e na Equipe de Instrução Processual, organizando e criando procedimentos no âmbito dos processos administrativos para apuração de infração ambiental.

É secretária adjunta da Secretaria do Meio Ambiente desde o início do atual governo municipal, em 2017.