Versão reduzida e itinerante da Gramado Summit, o Summit Talks chegou em Porto Alegre na noite de ontem (6) para discutir o impacto da inovação em empresas não-digitais. O encontro ocorreu na Fecomércio e teve a participação de Osmar Pedrozo (Softdesign), Daniel Wildt (Zenvia) e Francielly Feijó (Eventbrite). 

Ao longo de mais de duas horas de debate, os painelistas do evento desmistificaram a ideia de transformação digital e apresentaram alternativas para empresas de diversos segmentos para que elas possam utilizar a tecnologia como pilar de desenvolvimento. “Muitas empresas pensam que transformação digital tira o trabalho humano, mas não. Atendimento é essencial, conhecer o consumidor também”, apontou Francielly Feijó, customer successes da Eventbrite. 

Os painelistas também destacaram um dos grandes aspectos da nova economia, que é a importância de arriscar e aprender com os erros. “As pessoas que vão começar a inovar tem que estar preparadas para falhar”, ressaltou Daniel Wildt, CTO da Zenvia. “Transformação digital é a capacidade de aprender. Tecnologia e transformação digital envolve a capacidade de lidar com elas e se transformar com elas”, completou Osmar Pedrozo, CEO da Softdesign.